quarta-feira, 4 de agosto de 2010

A volta de Andre Matos ao Rio de Janeiro


Nove meses após ter passado pelo Rio de Janeiro com shows em Campo Grande e Niterói, Andre Matos voltará a pisar em solo Fluminense,trazendo novamente na bagagem a tour do álbum Mentalize.

Os shows do ano passado não foram um sucesso de público.Segundo relatos, foram menos de 500 pessoas somando os 2 shows,o que é realmente ridículo para quem em dezembro de 2008 lotou o Canecão no projeto Metal Christmas sendo precedido pelo show do Hangar.

À que se deve essa falta de interesse do público ?

Ano passado,pode ter se dado em fato,pela distância dos locais escolhidos. Campo Grande,convenhamos, é bem longe!

Em setembro, Andre Matos voltará para tocar no pequeno,porém bom,Teatro Odisséia, que segundo membros envolvidos na produção do show,suportará 600 pessoas.

Por coincidência,ano passado,no mesmo dia do show de Andre em Niterói 25/10, aconteceu o show do Aquaria no Teatro Odisséia,que também teve um público pequeno,mas que para o local foi o suficiente para ficar cheio.Agora imaginem só 600 pessoas lá dentro ?!

O fato é que estamos vendo bandas grandes tocarem em locais pequenos. Vimos em 2009 também, um show do Angra no péssimo Clube Recreativo Caxiense,localizado em Caxias-RJ,um local horrível,com péssima organização e um evento de se esquecer! Muitos dos presentes nem sabíam quem era o Angra. Até mesmo os membros da banda entraram no palco de cara fechada,demonstrando não estarem nem um pouco felizes de estar tocando no local,mas que em respeito ao público,subiram ao palco e fizeram um bom show.Dias
depois Felipe Andreoli foi ao Orkut se desculpar com o público e explicou que a insatisfação da banda dava-se por conta das condições precárias do local e a produção amadora.

Obs:Boatos dão conta que nesse ano de 2010 haverá um show do Shaman no mesmo local.

Por essas e outras, o público do Rio de Janeiro está tendo escassez de shows e sendo obrigados à viajar para outros Estados e gastar uma boa grana para ver suas bandas favoritas. A cada dia,os fãs sofrem com as especulações de shows não confirmados e as datas marcadas para os outros estados.

É torcer para as produtoras do Rio de Janeiro manifestarem interesse em trazer novas atrações ao estado e que os fãs compareçam em massa para evitarmos e acabar com a desculpa da falta de interesse dos fãs para essa falta de shows em grande espaço de tempo.

15 comentários:

zakk disse...

agora terei que descorta, o canecão cheio com oa ndré matos? putz nem tava eu tava cheio de espaço e olha que eu tava la na frente.sobre oa ngraa organização foi uma merda,mas foi pior aind ao adriole entra na comunidade e falar um monte de mentira, como o equipamento pego fogo e tals e que o confessori estava passando mal no camaraim,sendo que o angra só chego no exato momento do show, nem deu tempo deles ficarem dentro do "camarim".e outra não e querendo defender produtor,mas existem sim o desintere-se de fãs em frequentar shows, vimos o aquaria ano passado, achei aqilo ridiculo o blaze bayley esse ano foi fraco pelo que fiquei sabendo. acho que vc deveria verificar bem suas fontes de falar isso, nada contra avc não vito,mas eu tenho banda e converso frequentemente com produtores, tem alguns que querem faezr até algo legal ,mas sem pessoas para frequentar o evento ele terá prejue ninguém pode sustenatr um evento tomando preju.
e só uma opinião, não quero ofender ninguém,muito menos vc que emeu amigo abraço

Victor Mattos disse...

Bom,quanto ao show do Andre Matos,acho que lotou o suficiente pra um show do calibre da banda atual dele.Foi à isso que fiz referência. Quanto ao desinteresse dos fãs,cara,o Blaze tem um público seleto.Muitos fãs do Iron Maiden o destestam,fora isso a divulgação do show foi fraca,feita somente pelo orkut e o show foi agendado pouco tempo antes.Quanto ao Aquaria,posso te falar que a banda em si é pouco divulgada.Conheci a banda pouco tempo antes do show,e fui pra curtir mesmo. Minhas fontes sobre o show do Angra em Caxias também são confiáveis,então,não sei realmente em qual acreditar,mas você,mas do que ninguém sabe da produção amadora do show,até mesmo porque você tocou no local. Espero que a galera comente bastante esse post!

Pedro Mello disse...

Vamos agitar a coisa por aqui. Bom, o show do Canecão eu não presenciei por isso não posso dar pitaco.

Quanto ao show de Campo Grande, realmente poucas pessoas foram ao evento, mas se parássemos para analisar, distância não foi o fator para que tal escassez de público ocorresse, visto que haviam pessoas de Niterói, Barra da Tijuca, Duque de Caxias entre outros.

O fato é que os dois lados, produção e público, são falhos no RJ, não existe divulgação dos eventos, flyers nem sonhando, os shows são marcados em dias de semana, o público em sua maior parte é composto por pessoas que beiram e ultrapassam os 30 anos de idade e que trabalham, dificultando a ida a um show em uma quarta -feira por exemplo, os fãs mais novos preferem ir a um baile funk ou a uma rave e pegar umas tchuchucas.

O problema no RJ não pode ser dirigido a um só ponto, são vários. Estamos voltando ao início da década de 80, só que ao invés de trocarmos fitas cassete, trocamos CD-R's, pois pedimos muitas vezes para algum amigo baixar ou copiar aquele álbum que tantos gostamos.

Fica aqui meu desabafo e minha esperança de se ter uma cena Heavy Metal no RJ.

Dingo disse...

Só testando, pra ver se agora consigo postar nessa budega! rsrs

Dingo disse...

Bom, já que eu consigo postar... la vai a minha opinião! rsrs

Imagino eu que a falta de publico deve-se, também, ao local do show... afinal, não é todo mundo que se despenca pra Campo Grande, ou pra Caxias, pra assistir a um show.

Normalmente, o Local do show tbm não ajuda, como é o caso lá do lugar onde foi o show do Angra... PELAMORDEDEUS! organização zero!

Não sei o que os empresários pensam, mas parece que estão tratando grandes nomes como bandas cover que estão começando agora! nada contra as bandas covers, mas colocar o Angra, pelo nome que tem, pra tocar no All Rock Point... que que é isso, né?

Espero que os shows futuros não passem pelos mesmos problemas, e que o pessoal responsável por isso possa aprender com seus proprios erros.

Daemon disse...

olha, existem bons e maus produtores aqui no RJ, como em qq outro lugar.

No fim das contas escassez de shows é culpa do público, que nao comparece.

sem demanda, sem show, ou no máximo show porcaria. infelizmente e simples assim.

Pedro Mello disse...

Quais as casas de show que temos no RJ em locais de fácil acesso ?

CityBank Hall? Recreativo Caxiense? Século XXI? Teatro Odisséia?

Dependendo do dia da semana, qualquer casa de show fica inviável, lugares menores que poderiam aparecer e crescer ajudando bandas de menor porte poderiam aparecer mas não tem público.

Doogie White, Ripper Owens, puta vocalistas, excelentes músicos, carreiras e repertórios maravilhosos, público no RJ, ridículo.

Falta de público com certeza é um dos maiores empecilhos no RJ.

Victor Mattos disse...

Circo Voador,Teatro Odisséia,Fundição,todas ficam no Centro. Acho o lugar de melhor acesso disparado! Mas realmente as datas e os públicos deixa a desejar tambem. Como escrevi na matéria,deixei em aberto o motivo da falta de público.Citei só 1 problema,mas há vários!!!

Shamangra disse...

Bem agora vou dar minha opinião!

Eu fui um dos que foi fazer a viagem para Campo Grande para ver o Andre, e po comoo show foi numa SEXTA, tive que faltar a facul e ir de Trem cheio até lá, mas valeu a pena, e como o pedro disse, tem gente sim que vai, me lembro que o primeiro show da turne do Troyc do Hangar que foi em Teresópolis, eu e algumas pessoas daqui do RJ, fomos, e só ter força de vontade, ora mais o que falta memsmo aqui na cidade e uma RADIO ROCK, me lembro que até a uns anos atraz, Tinhamos a Radio Maldita, que era exelente, mesmo sendo da franquia AM, mais era, e tinha A Rede Rádio Rock, que tinha em todo pais e inclusive aqui no Rio, a Radio Cidade no qual EU era viciado, porque to falando isso, po ela praticamente ela que trazia a maioria dos show's e DIVULGAVA, po me diz como um produtor vai divulgar seu produto para um público especifico, na BEAT 98??? na Rádio Tupi??, entao fica complicado isso, praticamente o que salva mesmo e o Whiplash, na Agenda e no ORkut, que são as alternativas para divulgar, se vc's forem perceber, os ultimos show's Nacionais depos do fechamento da Rádio, foi ficando mais Raros, mas claro, quando uma Banda de Renome vem, ou tem uma PUTA divulgação, ele enche, vide o Angra em Caxias e o Metal Christimans, e alias, nao sei pq abandonaram esse projeto, tava dando certo, mas fazer o que, e outra questão são as casas de show's po a ultma vez que fui ver um Show de Metal no antigo Claro hall, foi do Shaman, e que inclusive teve o apoio da rádio, e ai ta o diferencial, uma produtora, geralmente pequena, nao vai ter verbas suficiente para bancar um show nessas casas, e depois ter preju, po o produtor que trouxe o hangar no makenzie disse que teve preju!! por isso que cada vez fica dificil, mas ainda tenho esperança que isso melhore, ou entao vo ter que Roubar, para poder ir a SP ver show, que lá sim, la o publico da valor, mas ai e foda, quando a banda nao vem Relama, e quando vem nao vai, ai fica dificl né!!



O QUE MAIS FALTA, E A DIVULGAÇÃO EM MASSA!

Pedro Mello disse...

Alguém viu propaganda do show do Manowar? Nem em revistas especializadas.

O que o Shamangra falou é a verdade, distância, desde os primórdios do metal os fãs arcam com esse empecilho e quem gosta mesmo vai, isso nunca foi desculpa.

Agora a não realização de eventos aqui no RJ com certeza está atrelada 80% a falta de público.

Fernanda disse...

Voltando um pouco o assunto...
Eu fui nos shows do Andre em CG e no Canecão e fui no Angra em Caxias tbm.
Eu acho q pra um shwo de Metal e considerando a estrutura e o tamanho do Canecão o evento estava cheio sim. E a esmagadora maioria foi pra ver o Andre Matos. Apesar de mtos de nós aqui sermos fãs do Hangar, convenhamos q somos poucos, ainda + se considerando RJ.
O show do Angra em Caxias foi uma vergonha. Não era de se esperar coisa mto melhor, quem conhece o evento e já tinha ido lá antes do Angra, sabe q a estrutura é mto precária e pra ser sincera eu esperava até menos do q foi. Acho sim q a banda tem direito de se manifestar até pra dar uma satisfação pros fãs q lá estavam e acredito q mto do q o Felipe Andreoli falou no orkut seja verdade. A organização daquele show foi vergonhosa.
Agora qto a escassez de show aqui no RJ eu acho q não é só culpa do publico... eu já me dispenquei pra mtos lugares de dificil acesso pra ver as bandas q eu gosto. mas só fui pq eu tinha amigos q conheciam os locais e me garantiram q era tranquilo e seguro. Numa cidade como a nossa, eu não iria pra Caxias por exemplo se não tivesse um grupo grande de amigos indo comigo. Eu teria medo. E acho q é oq acontece com mta gente por aqui. Conheço varias pessoas q deixam de ir a show pq não conhecem o local e acham perigoso. Agora, juntando isso com a falta de interesse dos locais q seriam adequaldos (tipo o circo, o odisseia, a fundição...) em fazer eventos de metal, a falta total de divulgação dos eventos e com produções q sempre deixam a desejar q teremos o pq de não termos quase nenhum evento aqui no RJ. É facil entender pq qdo temos alguma coisa é em dia de semana ou domingo, vc acha q o circo voador vai ganhar + dinheiro com um show do Angra ou com uma festa de baile funk? Ficamos restritos a locais de dificil acesso e/ou shows em dia de semana ou domingo. Fica realmente dificil querer q o publico compareça fortemente a esses eventos.

Diogo Oliveira disse...

recreativo caxiense quebra a firma,mas esse do Andre eu vou

Frasão disse...

A pior coisa do show do Angra no Recreativo Caxiense foram algumas bandas que pagaram para a abrir o show e por falta de negligência e desorganização ficaram sem tocar.

Thiago disse...

A pior coisa do show do Angra no Recreativo Caxiense foi algumas bandas que pagaram para a abrir o show e por falta de negligência e desorganização ficaram sem tocar.

Anônimo disse...

Shamangra, nem lembre.. show no antigo Claro hall do Shaaman original foi inesquecivel, alto nivel a producao. Depois fui tb no que teve no Circo Voador no dia da chuva, foi otimo, e por ultimo do Canecao do Andre solo q so fiquei decepcionado por terem tocado poucas musicas do Shaman. O show que teve em Niteroi e Campo Grande nem fiquei sabendo!!!!!! E esse show no teatro fiquei sabendo agora! O problema raiz 'e da cultura musical da maioria carioca: funk, pagode e musicas moderinhas. Dai tudo isso que falaram 'e consequencia.